Arquivos da categoria: Firewall

Saiba a maneira correta de fornecer Wi-Fi na sua empresa

Saiba a maneira segura de fornecer Wi-Fi na sua empresa

A utilização de Wi-Fi é cada vez mais frequentes, ela nos trás facilidade e comodidade, e com isto conseguimos agilidade. Para empresas mais agilidade significa mais produtividade.

Mesmo com a possibilidade de usar 3g a tendência é utilizar o Wi-Fi já que não consome o plano de dados.

Oferecer Wi-Fi na empresa tanto para colaboradores quanto para visitantes já é comum, afinal queremos produtividade.

A Wi-Fi para atender colaboradores e visitantes precisam ser muito bem implementada, do contrário pode virar uma porta aberta para ameaças digitais.

Vamos listar os problemas mais comuns:

Continue lendo

Aproveitar o máximo do link de internet

Como ter o máximo proveito do seu link de internet

Só quem tem empresa sabe o tempo e a produtividade que se é perdida pelos funcionários por causa de sites que não são correlatos aos assuntos da empresa. Páginas como Facebook, Web WhatsApp e YouTube acabam distraindo os colaboradores que perdem diversas horas de trabalho acessando páginas que não acrescentam em nada no trabalho.

E é exatamente para que você consiga contornar a sua situação e tirar o máximo proveito do seu link de internet é que foi criado o Firewall UTM, uma ferramenta que tem como objetivo priorizar sites que sejam relevantes à empresa em detrimento daqueles que em nada tem relação como negócio.

Continue lendo

Quando o acesso à internet atrapalha a equipe

Quando o acesso à internet atrapalha a equipe

Vivemos em um mundo em que as informações são enviadas e recebidas com uma velocidade muito grande, e estar conectado é fundamental para estar informado ou inserido em círculos de amigos. Mas. quando má utilizada a internet atrapalha a equipe.

A grande maioria das empresas possui pacotes de internet, e a rede está a um clique dos funcionários, pois são muitas as situações em que a consulta a internet é necessária. Contudo, não saber filtrar quando e o que acessar pode acabar comprometendo o desempenho do funcionário e trazendo prejuízos à empresa.

O número de pessoas com acesso à internet continua em crescimento no Brasil, só em São Paulo 67,9% dos lares estão conectados à internet. Um dos motivos que torna injustificável essa prática é que o acesso está cada vez mais facilitado.

Continue lendo

Conceito de Redundância de Links de Internet

Atualmente as empresas estão cada vez mais dependentes da internet, tarefas do cotidiano como emitir notas fiscais, contato com fornecedor e enviar emails são cruciais. Uma instabilidade na comunicação da internet ocasiona uma série de problemas, que devem ser solucionados pelo provedor de internet, que pode levar de alguns minutos até longas horas para ser resolvido.
Para não passar por estes apuros, a empresa deve ter uma boa prática e possuir mais de um link de internet. Com isto e um Firewall UTM, a empresa consegue contornar este tipo de problema de duas formas:

Fail Over

O Fail Over é o recurso que checa a integridade do link principal e caso a qualidade esteja baixa, ele transfere toda a comunicação para o segundo link, isto faz com que nenhuma pessoa seja afetada pela instabilidade no link principal.

Load Balance

O Load Balance ou Balanceamento, utiliza os dois links de internet e a cada nova conexão ele utiliza o link de melhor qualidade. Além de não deixar um link inativo, o Load Balance passa a sensação que a internet ficou mais rápida para os funcionários, já que haverá menos disputa pelo mesmo link de internet.

VPN-Explicação-Técnica

VPN – Tipos de Protocolos

Ao utilizar tecnologia VPN (Virtual Private Network), por si só, já adiciona uma camada adicional de segurança, tanto para as conexões Host-To-Lan (Computador remoto) ou Lan-To-Lan (comunicação entre unidades), no entanto é necessário ficar atento nas versões utilizadas, pois algumas podem contar com tecnologias obsoletas:

Os principais tipos de VPN são:

OpenVPN: Umas das tecnologias mais robustas para a comunicação VPN, trabalhando com criptografia de até 512 bits onde possibilita adicionar uma camada adicional de segurança ao utilizar chaves compartilhadas (RSA) de até 4096 bits (para comunicação entre unidades).

Compatível com Linux, Android, iOS e Windows.

IPSec: Protocolo criado pela Cisco presente na maioria dos dispositivos, o que permite estabelecer comunicação VPN com produtos de outros fabricantes, que não utilizam OpenVPN. Por padrão trabalha com níveis de criptografia de 256 a 512 bits.

L2TP: Umas das tecnologias obsoletas. Por estar presente nativamente em alguns sistemas continua sendo utilizado, mas não conta com nenhum método de criptografia, podendo apresentar riscos na utilização.

PPTP: Protocolo simples de ser utilizado, no entanto apresenta os mesmos problemas contidos no L2TP, por isso a utilização não é recomendada.